Um cochilo a tarde pode gerar agilidade mental?

Friday, 29 de January de 2021

Um novo estudo publicado no General Psychiatry sugere que um cochilo rápido à tarde pode ajudar a melhorar a agilidade mental. Nesse estudo, os cochilos foram associados há uma melhor memória de trabalho, fluência verbal e consciência locacional.



Conforme as pessoas envelhecem é comum que seus padrões de sono mudem, e os cochilos à tarde se tornam mais frequentes. Entretanto, as pesquisas publicadas até agora não chegaram a uma conclusão sobre se os cochilos à tarde tem alguma relação com a diminuição do declínio cognitivo e a demência no grupo de pessoas mais velhas ou se estes podem até mesmo ser um sintoma de demência.

Para verificar isso, os pesquisadores estudaram mais em 2.214 pessoas aparentemente saudáveis residentes e cidades da China, incluindo Pequim, Xangai e Xian com possuíam pelo menos 60 anos. Desse grupo, 1534 tiraram uma soneca regular à tarde, e 680 não. Todos os participantes foram submetidos a uma série de exames de saúde e avaliações cognitivas, incluindo o Mini Exame do Estado Mental (MEEM) para verificar se havia demência. Os cochilos da tarde foram definidos como períodos de pelo menos cinco minutos consecutivos de sono, mas não mais do que 2 horas, e realizados após o almoço, variando de uma a todos os dias por semana.

Os aspectos da capacidade cognitiva e função superior, incluindo habilidades visuoespaciais, memória de trabalho, atenção, resolução de problemas, consciência locacional e fluência verbal foram medidos pelos testes de demência, e como resultados perceberam que os escores de desempenho cognitivo foram significativamente mais altos entre os que dormiam do que entre aqueles que não dormiam. Além disso, diferenças significativas na consciência locacional, fluência verbal e memória foram percebidas. O esquema abaixo resume esse estudo:



Uma das teorias encontradas para explicar isso é que a inflamação é um mediador entre cochilos do meio-dia e resultados ruins de saúde; produtos químicos inflamatórios têm um papel importante nos distúrbios do sono. Dessa forma, o sono regula a resposta imunológica do corpo e acredita-se que o cochilo seja uma resposta evoluída à inflamação.

E então, já deu o seu cochilo de hoje?

 

 


Referências

Cai H, Su N, Li W, et al. Relationship between afternoon napping and cognitive function in the ageing Chinese population. General Psychiatry, 2021;34:e100361. Doi:10.1136/ gpsych-2020-100361.

The content published here is the exclusive responsibility of the authors.

Autor:

Livia Nascimento Rabelo

Support

livia@brainsupport.co









NIRSSocial InteractionBrain StimulationResponse DevicesEye TrackingGame TheoryConsciousness States ResearchPlasticity, nfb & nModMobile EEG NIRS applicationsMotivation, Emotion & CravingTranslational EducationAttention & MemoryLanguage ProcessingLearning & MemoryNeuropoliticsSleepReligareCultural NeuroscienceMetacognition & MindSetDecision MakingHuman CompetenceNeuroscience of ConsciousnessExecutive FunctionsFunctional ConnectivityPhysiology & BehaviorInhibitory Control & SwitchingPriming EffectSelf PerceptionNeuroRightsPerception & ActionStress & CognitionSocial PreferencesInhibitory Control & Switching