Plena consciência funciona mesmo?

Tuesday, 01 de December de 2020

Muito já se tem publicado a respeito da atenção plena e dos seus benefícios para quem a pratica, inclusive, esta é comumente indicada por médicos e terapeutas, como redutora de estresse, ansiedade, melhorar o foco, etc. Entretanto, resultados mais recentes demonstraram que ela não é “tão eficaz para tudo”.

Fonte: Pisco saúde poder (2020)


Um estudo mais recente publicado no Personality and Social Psychology Bulletin trouxe resultados intrigantes com respeito a atenção plena, pois, até então diversos estudos traziam muitos resultados de seus benefícios – seja na qualidade de vida ou benefícios a nível cerebral. Entretanto, esses resultados sugeriram que quando o objetivo é "não se preocupar com coisas pequenas que estão acontecendo", a atenção plena parece não ser tão eficaz para atingir esse fim.

Nessa pesquisa foi medido as respostas cardiovasculares mais de 1.000 participantes durante tarefas de desempenho que causavam estresse. E o resultado? surpreendentemente vai contra pesquisas anteriores e afirmações da cultura popular de como estar atento oferece alívio do estresse e benefícios de enfrentamento deste. O que teve de diferente nos estudos é que a maioria dos trabalhos publicados anteriormente mostravam que a atenção plena podia ajudar as pessoas a controlar os estressores ativos, já o estudo recente encontra evidências para uma resposta oposta. Submetidos ao estresse, os participantes do estudo que mentiam a atenção plena demonstraram respostas cardiovasculares consistentes, é como se eles estivessem "suando as pequenas coisas".




Diante do exposto, conseguimos perceber que atenção plena ou Mindfulness tem diversos benefícios, não estamos aqui falando que não é bom, que não faz bem, na verdade possui sim efeitos positivos, mas, parece ser limitada no que pode realizar enquanto as pessoas estão ativamente envolvidas em tarefas estressantes, fazer um discurso em público, realizar um teste, participar de uma entrevista de emprego, etc. Em vez disso, estar atento só trouxe benefícios de redução de estresse depois que a situação de estresse que são submetidos acaba!!!

 

Possuímos alguns blogs bem interessantes envolvendo essa temática, inclusive resultados de EEG muito bacanas sobre a prática de atenção plena no cérebro!

 

Referências

 

SALTSMAN, Thomas L. et al. Facing the Facets: No Association Between Dispositional Mindfulness Facets and Positive Momentary Stress Responses During Active Stressors. Personality and Social Psychology Bulletin, p. 0146167220956898, 2020.

The content published here is the exclusive responsibility of the authors.

Autor:

Livia Nascimento Rabelo

Support

livia@brainsupport.co









EEGSocial InteractionHeadstages EPHYSBrain StimulationStimulus PresentationsResponse DevicesGame TheoryConsciousness States ResearchPlasticity, nfb & nModMobile EEG NIRS applicationsnEdu & nDevMotivation, Emotion & CravingTranslational EducationAttention & MemoryLanguage ProcessingLearning & MemoryNeuropoliticsSleepReligareCultural NeuroscienceMetacognition & MindSetDecision MakingHuman CompetenceNeuroscience of ConsciousnessSport & Motor BehaviorExecutive FunctionsFunctional ConnectivityPhysiology & BehaviorInhibitory Control & SwitchingNeuroArtNeuroPhilosophyChoice MechanismsNeuro-Glia InteractionsPriming EffectSkill LearningSelf PerceptionNeuroRightsPerception & ActionStress & CognitionSocial PreferencesInhibitory Control & SwitchingNeuroArt